menu close menu

Post

O poder de uma boa conversa e depois um abraço.

Nada como boas palavras. O post de hoje vai para você que, como eu, um dia precisou ouvir certas coisas, mas ainda não era o momento. Realmente, há tempo certo para todas as coisas. Resolvi externar algo que, há tempo, tinha vontade de escrever, mas por “N” motivos nunca escrevia.
Em resumo: Nada que um bom chá das 5 não resolva.
Muitos casais esquecem da importância da conversa em seus relacionamentos e vejo o quanto isso é importante para o crescimento de ambos. Uma boa conversa não só gera novas impressões, como também elimina impressões antigas a cerca do outro. Umas com fundamentos, mas outras não. Dialogar faz parte do desenvolvimento humano. Em muitos momentos é importante calar e aprender a ouvir. Ouvir sem cargas passadas, barreiras, ou  desdém. Muitos de nós precisamos escutar com os ouvidos, mas ouvir com o coração palavras já ditas, ou aquelas que nunca foram ditas à nós. Nunca é tarde. Em um relacionamento, qualquer que seja ele, é importante fazer com que o outro saiba o que sentimos, mas melhor é fazer que ele ouça o que sentimos. As palavras marcam, muitas vezes, mais do que o que fazemos. Não sei como anda a conversa e o bom diálogo na sua rotina, mas hoje aprendi algo muito importante: As palavras ditas podem não mudar mais o futuro, mas podem curar um passado e fazer com o que presente seja muito melhor. Uma boa conversa pode fazer com que frustrações sejam esquecidas, mágoas sejam perdoadas e sonhos sejam lembrados. E como é bom conversar, perdoar e abraçar. Muitos casais não conseguem viver o melhor de um relacionamento por falta de perdão. Antes de encarar um relacionamento sério, principalmente aqueles que estão “a beira do altar” é necessário liberar o perdão. Conheço casais que até hoje sofrem por não conseguirem perdoar um ao outro por motivos diversos. Já ouvi alguém dizer: O amo muito, mas não consigo esquecer. Perdoar não é esquecer. Perdoar é não mais sofrer. Não perdoar é como se você bebesse um frasco de veneno esperando o outro morrer. Reter o perdão pode até entristecer o outro, mas machuca você. Reter o perdão te prende ao passado, a pessoa, e te impede de viver coisas novas. O perdão tem o poder de curar relacionamentos entre amigos, amores, família, além de gerar a paz dentro do coração da gente. Comparo o perdão a uma ferida no corpo ainda em processo de cicatrização. Perdoar é um processo. Até está 100% curado incomoda. E quando cura, cicatriza, mas já não dói. Aquela marca fica pra sempre, mas é apenas uma marca. Mas também não significa que é algo simples de conviver. É uma marca que nos lembra momentos tristes e ninguém quer ficar com o corpo todo marcado, certo? Logo, quanto menos melhor, mas faz parte da vida.
O perdão alivia a alma, dá cor aos dias e derruba barreiras entre as pessoas. Derrubar barreiras não é construir pontes, mas já é preparar o terreno para essa obra que pode demorar ou não. Talvez você precise liberar o perdão para alguém, ou então ser perdoado. Não importa em que situação você se encontre, garanto que nada é tão bom quanto uma boa conversa.Uma boa conversa tem um poder enorme na vida da gente. Quando falo boa conversa me refiro aquela em que você fala o que sente, mas respeita a vez do outro expressar seus sentimentos. A boa conversa se constitui de palavras ditas, mas na sua grande maioria sentidas. A boa conversa é aquela que te faz falar, ouvir e agir em amor. Aquela em que você pode vê-lo com os olhos sinceros, em alguns casos ameaçando chorar, se arrependendo pelos atos ( mesmo que esse ato já tenha acontecido antes), mas não se colocar como vítima se achado na melhor. Apenas ouve, lamenta junto com ele e o perdoa. Lamenta junto, pois o amor sofre com o outro, mesmo que o arrependimento venha tarde, o importante é reconhecer, arrepender, perdoar e melhorar, juntos. O amor entende que o erro do outro já é um grande castigo, pois o mata por dentro e não precisa remoer aquilo outra vez. E é aí o grande desafio de amar. Amar não apenas de língua, mas de fato e de verdade.
O que muitas pessoas temem é que uma boa conversa pode te revelar coisas que você nunca esperava saber. Mas nem sempre são coisas ruins, acredite. Podem estar guardadas no outro as palavras que você sonhava ouvir e que jamais foram ditas. Ou então te fazer saber do valor e da admiração que outrora você esqueceu que tinha para esse alguém. A conversa pode até não resolver a situação de alguns, mas pode ajudar bastante se você quiser. Em alguns casos, me ajudou. Funciona! Muitas coisas ruins acontecem pelas palavras, mas muitas outras boas podem acontecer através delas também. Aproveite o momento e não deixe passar a oportunidade de expressar para  o outro o quanto você sente por tê-lo(a) machucado. Não perca a oportunidade de expressar o quanto ele (a) é especial na sua vida e do quanto ele(a) foi  é importante para você. Não deixe passar a oportunidade de dizer que sente saudade. Saudade não é, necessariamente, viver tudo de novo, mas é saber que valeu a pena.

A boa conversa é aquela que te faz refletir, e despertar em você o sentimento de gratidão. Gratidão pelo momento. Gratidão pela oportunidade que o outro te dá para crescer e ser melhor.

Para aqueles que desejam ter essa oportunidade da “boa conversa”, não espere ela aparecer. Crie!
O resultado pode te surpreender e te fazer lamentar por não ter sido antes. Te fará um bem enorme, acredite.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=yYe6tmrFxbw]
Beijos e boa noite.

2 Comentários para “O poder de uma boa conversa e depois um abraço.”

  1. gaby disse:

    eu amei o blog,ta de parabéns ;) 

     

  2. Taiane disse:

    Nossa, realmente tudo que foi colocado no texto é verdade. E ter um companheiro com quem ter essa conversa é maravilhoso.

Deixe seu comentário